quinta-feira, julho 12, 2012

Recomeços

Sinto tua falta, confesso, mas não me permito errar de novo. Me entendes? Chorei de saudade por tudo o que fomos, pelas promessas, pelos planos, por tudo o que não conseguimos ser, pelos erros que cometemos, pelo que se perdeu. Chorei, admito, pelos sorrisos perdidos, pelas lágrimas derramadas, pelas renúncias que de nada valeram, pelas noites em claro pensando num futuro que nunca iremos ter, pelas manhãs mal gastas, pelas declarações ao destinatário errado. Chorei pelo amor dado em vão.  Chorei pelos princípios, que eu acreditava serem nossos, mas que eram só meus. Pelos sonhos eliminados, pela falsa ternura, pelos abraços sem fim, e que no final não foram o suficiente para me manter de pé. Chorei por essas coisas que ficaram lá atrás, em dias soturnos dos quais quero distância. Mas é hora de seguir em frente. Chorar de novo? Só se for de tanto rir. Vou ser feliz, mas não espere que eu volte pra te dizer como foi do lado de lá.


2 comentários:

  1. "Vou ser feliz, mas não espere que eu volte pra te dizer como foi do lado de lá."... Porque ser feliz ocupará todo o meu tempo. :D

    ResponderExcluir