quinta-feira, janeiro 05, 2012

Eu acho...

   Eu acho que amo cada palavra que sai da tua boca. Teu abraço sufocante. Tuas piadas sem graça. Teu sorriso tímido a me cortejar. Teu jeito único de ignorar o mundo quando estou por perto. Tuas manias mais esquisitas. Teus provérbios insanos. Teu passado, a infelicidade contida nele e a mudança de astral após a minha chegada. A incerteza do nosso futuro e a inconstância do nosso presente. As conversas no meio fio esperando o dia amanhecer enquanto trocamos olhares saudosistas. O ritmo do teu caminhar, e o colorido que deixas ao passar  pelo meu caminho. O olhar de desejo que lanças sobre mim. Os teus erros, teus acertos, tuas atitudes arquitetadas que nunca dão certo. Teu jeito bobo por não saber lidar com o que sente. Tuas juras diárias de ser uma pessoa melhor. Teu jeito malandro de consertar cada besteira que me diz com mil elogios. A capacidade sem nenhum esforço aparente de me deixar com um sorriso bobo por dias. A sutileza com que me dizes pra pensar em ti até quando estiver dormindo. E teu jeito bobo de admitir que tudo isso é recíproco. Mas mesmo que isso não acontecesse, hoje eu ainda te diria, eu acho que te amo.



2 comentários:

  1. Ainda acha? rs

    Quando a gente fica observando cada detalhe do jeito do rapaz com um sorriso bobo na cara, já era! É amor.

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Enquanto lia eu ria e sentia umas formiguinhas na barriga... é tão legal isso!

    ResponderExcluir