sexta-feira, julho 29, 2011

Desistir é fácil,o difícil é prosseguir



Quantas vezes você já se encontrou numa situação em que era mais viável desistir do que estava fazendo ao invés de continuar? Inúmeras, suponho. Há momentos na vida em que nos questionamos se vale mesmo a pena estar aqui, só apanhando da vida todos os dias. Momentos difíceis certamente, porém, se ela fosse justa seu nome seria calça skinny,e não vida.
Tem dias em que nada parece dar certo. Todos estão contra você, e até mesmo aquilo que um dia te trouxe felicidade te faz mal. Tudo parece não fazer mais sentido algum. Não temos forças para encarar o mundo lá fora. Mesmo que sempre haja alguém ao nosso lado nos apoiando. Nada ameniza nossas dores.
Bem, certamente momentos ruins nos tiram o prazer de viver. Mas será que a vida realmente é madrasta o tempo todo? Será que nunca vivemos, nem viveremos bons momentos? Será que não é drama demais desistir da busca pela felicidade?
Momentos ruins durante a nossa jornada podem até chegar a serem constantes, todavia, eu não hesitaria em trocar 10 momentos ruins por apenas 1 bom. Não me importaria de apanhar da vida quantas vezes fosse necessário para depois esquecer tudo o que me aconteceu ao dar boas risadas em um fim de tarde numa roda de amigos. Não teria medo de passar por várias desilusões amorosas se depois disso vivesse um único grande amor.
Quando estamos numa fase ruim, é difícil pensar que ela vai passar. Mas acredite, um dia passa. Pode demorar algum tempo, e sei que esses dias de espera são agoniastes. Mas se libertar de tudo o que te magoa e te faz refém da infelicidade, não tem preço, pois um dia a felicidade baterá em tua porta, te fazendo ver que tudo de ruim que viveste serviu para te dar mais forças para continuar aqui, apanhado da vida. E quem se importa de levar uma tapa na cara se depois, na parada seguinte, conquistar um sorriso?
A vida não é fácil, todos sabemos. Não vivemos só de conquistas, muito menos, só de derrotas. Afinal, que graça teria se tudo fossem flores? O grande lance desse jogo é saber juntar o que aconteceu de ruim para nos fortalecer, pois agora mais fortes não será qualquer coisa que nos abaterá. Agora, poucas serão as coisas que irão nos tirar o prazer de viver. Desistir sempre é o caminho mais fácil, mas quem disse que o caminho mais fácil é o mais certo a ser seguido?

quarta-feira, julho 20, 2011

Companheiro,fiel,protetor,simplesmente...Amigo!

Amigo: 1-Que é ligado a outrem por laços de amizade 2-V. amigável 3-Homem amigo (1) 4-Companheiro; protetor.
Amizade: Sentimento fiel de afeição estima ou ternura entre pessoas que em geral não são parentes nem amantes; apreço.
Só coloquei isso para introduzir o texto, afinal quem precisa do Aurélio para definir esse sentimento tão forte? Amigo e Amizade são palavras que não precisamos saber o significado, muito menos se elas vêm do latim ou do grego, apenas precisamos sentir.

Muita gente acha que o sentimento mais forte que existe é o amor, eu discordo! Para mim o sentimento mais forte e mais verdadeiro é a amizade. Mas quem disse que as amizades não podem ter bônus? Ah podem parar, bando de falsos moralistas. Quem nunca ficou com um amigo? Ficar com amigo é tipo fazer um test-drive num carro que você nunca vai comprar. Mas às vezes por um toque do destino começa com um test...e quando você vê adquiriu o carro. Acontece né?!
Bem, existem vários tipos de amizade, tem amigos que você conhece desde quando eram guris, aqueles que você fazia festa do pijama na casa dele só para comer besteiras e dormir depois das 22h. Aquele que seu pai já simpatiza, e sabe que não vai te levar para o mau caminho (doce ilusão). Tem aquele amigo que te acoberta só para você ir pro Timbalada - que coisa feia! Mas é amigo, fazer o que?- Falando em festas...tem aquele amigo que já te ajudou a curar uma ressaca para os seus pais não descobrirem. Tem aquele que sempre topa as tuas loucuras mesmo que elas não façam o mínimo sentido. Sempre tem um amigo que quando você conta suas desilusões amorosas ele te diz: Quer ajuda pra matar esse bandido? Há amigos que te perturbam tamanha 2h no MSN para pedir conselhos. Amigo é aquele que não julga suas decisões (mesmo quando você diz que vai fazer Jornalismo). Amigo é aquele que divide o pacote de Clube social durante aquela estimada aula de Termodinâmica. Tem aquela amiga que sempre está ali pra te oferecer um porre de sorvete depois que levas um pé na bunda.
Mesmo que o passo seja incerto, o amigo segura em tua mão e caminha contigo.
Quando crescemos e passamos a ver o mundo com outros olhos, isso interfere muito em nossas amizades. Essa fase de amadurecimento requer compreensão dos que te cercam. Nela moldamos nosso caráter e é difícil fechar os olhos para o que antes eram bobagens. As amizades que até então eram intocáveis vão ficando pelo caminho, mesmo que isso te doa. Mas fazer o que? É a vida! Uma coisa que aprendi é nunca julgar as pessoas sem as conhecer, pessoas que aparentemente se dariam muito bem comigo não eram nada do que eu pensava. Já aquelas que eu não queria nem chegar perto se tornaram amizades eternas.
Amizade é uma palavra muito forte, pelo menos para mim, me dá uma agonia quando vejo as pessoas banalizando esta palavra. Quantas vezes já te ocorreram de uma pessoa que você mal conhecia te chamar de amigo? Pura falsidade! Certamente esta pessoa não tem amigos de verdade para mensurar o que esta proferindo. Eu por exemplo, não trato minhas amigas por AMIGA, ao fazer isso não sinto que elas se tornem menos queridas por minha parte. Afinal o que sinto por elas não é medido por palavras.
Por fim amigo que é amigo, é aquele te ama mesmo ciente de todos os teus defeitos, é aquele que faz de tudo para você não sofrer, ele te mostra o caminho certo, mas também te ajuda quando segues o caminho errado. Amigo é aquele que sempre tem o que te dizer, mas quando se encontra sem palavras se mantém ali, apenas respirando, para que você esteja ciente que independente dele ter ou não palavras para te dizer, sempre estará ao seu lado. Amizade é uma coisa imprevisível, tenho amizades que surgiram após 5 anos, 1 ano e até 6 meses. Algumas consolidadas, outras nem tanto, mas que certamente são verdadeiras.
Amigos são a família cujos integrantes nós escolhemos (salvo a #FamíliaComunicação).
Datas comemorativas geralmente necessitam de presente, mas hoje, dia 20 de julho, Dia do amigo, não exige presente algum, afinal o seu maior presente é poder contar com suas amizades não só hoje, mas também nos outros 364 dias do ano.

terça-feira, julho 19, 2011

Todo dia é dia de futebol

É difícil explicar uma paixão inconsciente, que geralmente nasce sem se perceber. Um amor incondicional, que mexe com você de um jeito estranho, inexplicável. Você, pessoa normal que não foi acometido por esse mal, não sabe o quão agoniante são os dias que vão do final do Campeonato Brasileiro até o inicio dos Campeonatos Regionais. É como se o ano só começasse em fevereiro.  Assim é a paixão de um fanático por aquilo que deixou de ser a muito tempo apenas um esporte: o Futebol.
O fanatismo pelo futebol é algo que somente os apaixonados sabem. Para as pessoas normais é inconcebível entender por que às vezes cometemos loucuras por nossos times do coração. Talvez nós mesmos não saibamos explicar....Quantas vezes deixamos de sair de casa aos domingos? Ou quem de nós nunca “gazetou” aula na quarta-feira só para assistir aquele jogaço da Liga dos Campeões? Quantos relacionamentos já foram por água abaixo, ou porque o parceiro não entendia esse fanatismo, ou porque vocês só faltavam se matar em dia de clássico. Ou quantos outros nem começaram por que você descobriu que o cara era Bicolor e São Paulino?
Enfrentar o machismo que ainda cerca o mundo da bola não é fácil, ainda mais quando se pretende trabalhar com isso. Se um homem não gosta de futebol, ele é gay, e se uma mulher além de gostar, entende de futebol é o fim do mundo. Imagine essa situação: Filha, vamos ao shopping? – Valeu pai, não quero não, hoje tem RexPa. E o seu pai te olha e diz: Ai meu Deus, isso não é normal minha filha!
Agora um caso particular: Você que me critica por torcer por times do Sudeste do país...shut up! Só um fanático como eu, sabe como é passar UMA semana sem ter jogo na quarta e no domingo. Agora imagina o que seria de mim se torcesse apenas por um time regional? Só assistiria a 20 jogos durante um ano! Sabe o que é isso? É desesperador =O Pensa numa pessoa que quase voa no professor de filosofia por que criticou as pessoas que torcem para times de fora do estado? Bem se você me conhece nunca faça isso. Ou terá morte no recinto!
Ser fanático é torcer não só durante os 90 minutos, é respirar futebol 365 dias por ano. É ficar em êxtase após a conquista de uma simples série C. É não dormir direito em dia de jogo decisivo. É ficar deprê após uma eliminação na Libertadores por um time desconhecido dos confins da Colômbia. É rezar para todos os santos possíveis durante uma disputa de pênaltis. É querer matar o infeliz que fala mal do seu time (mesmo quando você sabe que ele está ruim). É acordar cedo no dia seguinte após a conquista de um título, vestir o manto sagrado, chegar fodasticamente na farmácia e comprar um Diário do Pará só pelo pôster de campeão (sensação deliciosa, ainda mais quando o caixa da farmácia é Botafoguense).  
Após uma derrota a gente sempre fala: E quem disse que eu gosto de futebol? Apesar do ódio momentâneo que vem após uma decepção, os verdadeiros torcedores JAMAIS abandonam seu clube, mesmo quando ele não tem divisão e está há anos sem conquistar um título sequer ( saudações azulinas \o/ ). Fidelidade é o lema dos torcedores verdadeiros. Afinal futebol é isso, nem sempre se vence (salvo aquele São Paulo que conquistou tudo com o Muricy). Ser torcedor é sofrer, chorar, sorrir...mas nunca desisti. Afinal...O sentimento não para!
                    Feliz Dia Nacional do Futebol!

terça-feira, julho 12, 2011

É possível viver só sorrindo

Sabe quando você passa a vida toda em busca de um grande amor para ser feliz, e ele finalmente chega, mas as coisas não saem como você esperava? E agora, com seu conto de fadas destruído, você se pergunta: De que me serviu toda essa experiência? A resposta é: Perceber que você não precisa de mais ninguém para ser feliz além de si mesmo!
A cada dia passamos por várias experiências que de um jeito ou de outro nos trazem uma gota de felicidade, mas, às vezes a pressão para desencalhar é tão grande que você não se permite ser feliz sozinho. Por que as pessoas pensam que ser solteiro é sinônimo de estar sozinho? Quantas vezes mesmo com um monte de pessoas ao seu redor você ainda assim se sentiu só?
Há muitas coisas que acontecem ao nosso redor e que na maioria das vezes nos passam despercebidas. Sabe quando você tá numa para de ônibus em plena Almirante Barroso naquela tradicional chuva da tarde de Belém, e um carro passa em alta velocidade e te molha toda? Tá é meio trágico, mas, e se logo depois disso você passa por uma pessoa que é moradora de rua que pega continuamente aquela chuva, todas as tardes, quase todos os dias. Será que foi tão ruim ficar molhado momentaneamente?
Sabe aquela velha frase do tempo em que sua tataravó ainda era virgem: A felicidade está nas coisas simples da vida! É meio clichê, mas não deixa de ser verdade. Sabe quando você está num bad day, sai de casa e passa pelas ruas da cidade e vê cada coisa. De repente você repara que seus chamados problemas, são bobagens perto dos problemas dos outros. É, eu sei, é um choque de realidade, mas o mundo não gira em torno do seu umbigo.
Tente prestar atenção nas coisas mais simples que acontecem com você todos os dias. Não é difícil e não dói. Muitas vezes você não está esperando por nada, todavia acontece algo muito simples e que mesmo assim te dá motivos para sorrir. Imagine esta situação: Você é praticamente obrigado a ir para o supermercado, e ali está sentada aguardando a família fazer as compras, chega um guri muito contente admirando uma revista ainda na embalagem. Ele caminha e se senta ao meu lado. Por inúmeras vezes ele tenta abrir a embalagem, mas não consegue. Eu então lhe pergunto se posso tentar, e ele me concede. Consigo abrir a embalagem em poucos segundos, ele me olha e me dá um sorriso, um sorriso tão sincero que compensaria milhões de “Muito Obrigado!” E ele me diz: Estou guardando dinheiro há tanto tempo para comprar esta revista! E ele começou a devorá-la com olhos. Você deve estar se perguntando...sim e o que tem isso? Pense comigo: Será que nós, não poderíamos ter uma experiência dessas todos os dias? Receber um sorriso sincero, mesmo que de um desconhecido. Ou ficar felizes por conseguir algo tão pequeno como, por exemplo, comprar uma revista?
Não entendo por que quando crescemos temos mania de complicar tanto as coisas. Como por exemplo, tentar loucamente conseguir encontrar alguém que goste de nós. Não quer dizer que esse grande amor nunca chegará, certamente um dia chega. Entretanto, não seria muito mais fácil buscar a felicidade em outras coisas enquanto ele não vem? A cada dia você pode escolher: ser feliz ou não! Toda vez em que fechar os olhos para dormir deixe tudo o que aconteceu de ruim no seu dia para trás e certamente ao acordar no dia seguinte as coisas fluirão melhor. Viva sempre com o coração aberto para novas experiências, por mais simples que elas sejam, pois a simplicidade te dará uma felicidade grandiosa.
E por fim aquela velha expressão que você se cansou de ler quando estudava literatura:    
                                                          CARPE DIEM!