sábado, outubro 15, 2011

Imperfeitos e Completos


Ele chegou de repente, me fez mil promessas, nas quais não acreditei. Ele me disse tudo o que sempre quis ouvir, o que me parecia irreal de acontecer. Era tudo tão perfeito para ser verdade, que eu mesma tratava de pôr defeitos, assim o perdi. Passou o tempo algumas coisas mudaram, outras pessoas passaram por nossas vidas, mas quando estávamos a sós, era como se tudo permanecesse igual. Ainda éramos os mesmo um perante o outro. Não podíamos negar, longe um do outro éramos incompletos. Tempos mais tarde, ali estávamos, dispostos a tentar outra vez. Não sabemos como irá suceder. Mas agora, que sabemos que nada é perfeito, como pretendíamos que fosse na primeira vez, talvez dê certo. Talvez as promessas antes feitas por ele a mim, se cumpram, mas não por que foram prometidas, mas talvez por que seja nosso destino. Agora estamos completos.

2 comentários:

  1. É destino, imutável.
    (Tá que tá com dois posts num só dia, hein? HAHA)

    ResponderExcluir