sexta-feira, setembro 09, 2011

Um só

Quando estão juntos nada mais importa. Ali, de mãos dadas, pernas entrelaçadas, é impossível dizer que não são um só. Deitados, sentindo a respiração um do outro. Os ruídos do mundo, não os incomodam. Enquanto a música toca, a vida passa, mas não pra eles. Eles não querem mais nada, além de estar ali, juntos. Sem ligar para o mundo que os cerca. Dois se transformam em um, sem ao menos perceber. Já se acostumaram. O tempo passa tão rápido e quando reparam, a despedida chega, mas não há problemas, pois no dia seguinte estarão ali novamente, e por alguns minutos, o tempo vai parar novamente, e o mundo lá fora pouco os vais importar...

3 comentários:

  1. Quando esse sentimento torna-se uma constante, pode-se dizer que amor é o que existe, entretanto, se ele dura alguns meses... PROBLEMA! rs

    Muito bom e bem escrito.

    ResponderExcluir