sexta-feira, dezembro 09, 2011

"Coragem"

Nota: Antes de começares a ler, indico que apertes o play e ouça essa música (sem prestar atenção ao clipe) apenas ouça enquanto lês.



--------------------------------------------------------------------------------------------

    Vais me questionar ao ler esse texto, pois dizes que eu não sou capaz de escrever nenhum dos que estão aqui, já que sou desprovida de sentimentos. Talvez, esse texto seja a única forma de te dizer o que eu nunca consegui proferir.
   Talvez, eu nunca tenha dito com palavras, mas com gestos sutis algum dia disse “TE AMO”. Sei que hoje se tornou tarde demais pra isso. Mas não posso continuar inerte, enquanto pedes pra eu ir embora, porque na verdade eu não quero ir. Pode parecer loucura, mas prefiro continuar ao teu lado, mesmo que isso me doa, do que cumprir a promessa que te fiz.
   Me afastar? Eu nunca conseguirei. A cada vez que ouço teus passos, meu coração ainda acelera. É como se o tempo não tivesse passado, é como se hoje ainda fosse aquele dia de agosto.
   Dizes que eu nunca te dei atenção, que nunca realmente te amei, que apenas senti pena, e que tudo foi uma farsa. Bem, eu queria que fosse isso, queria que essa imagem de pessoa fria que tens de mim fosse verdade. Mas o único motivo da minha suposta indiferença é que apenas estava me protegendo.
   Não importa como, mas eu te amo. Talvez não seja do jeito que tu queres. Bem, na verdade nem eu sei como, mas te amo. Te amo pelos inúmeros defeitos que tens, porque as qualidades ficam a mostra, e eu gosto das coisas além do teu ser, aquilo que os outros não enxergam. Eu te amo pelo que tentas esconder.
   Pode até parecer doentio, mas eu prefiro que dispare torrentes de mágoas sob mim do que te ver passar ao meu lado sem proferir um “Bom Dia!” sequer. Já te disse, não importa como, mas te quero ao meu lado.
   Não quero que esse seja nosso fim definitivo, mas preciso, precisamos! Agora que tudo foi esclarecido, podemos seguir em frente. Apenas te peço desculpas, por sei lá o quê. E prometo que nunca mais serei o motivo da tua insônia.
   Eu não quero que esse texto acabe, porque não quero me silenciar diante de ti. Mas tenho que fazer isso. E já que essas serão minhas últimas palavras dirigidas a ti, essas palavras serão aquelas que eu nuca tive coragem de proferir: TE AMO!




3 comentários:

  1. egg amanda Lindo amei o texto.
    mais voce fez com suas poprias palavras?
    se for meu DEUS muito bom em.Quase uma poeta'
    MARAVILHOSO'

    ResponderExcluir