sexta-feira, agosto 19, 2011

Ela se foi...

O susto. Prantos. Adormeço. Acordo. Não foi um pesadelo.
Em meio a conversas,recebi uma notícia.Na hora,pensei que tudo não passava de um mal entendido,a verdade é que eu não queria acreditar.Mas não foi um mal entendido,ela se foi.É difícil assimilar que uma pessoa que você conhece desde os 5 anos de idade,já não está mais aqui.Uma pessoa que faz fez parte da sua vida,e que agora...se foi.Não éramos BFF’s.E sei que há tempos não nos falamos.Todavia isso não a tornava menos importante em minha vida. Nunca a esqueci.
Olho as fotos,leio as cartas,e custo a acreditar...ela se foi.
Na alfabetização,ela sentava na carteira atrás de mim.Desconfio que era só pra mexer no meu cabelo,as “molinhas”,como ela o chamava.Confesso que odiava isso,mas deixava ela se divertir um pouco.O ano letivo chegou ao fim,e após a formatura, perdemos contato.
Dois anos depois,nos reencontramos.Primeiro dia de aula da quarta série,e ali estávamos,o destino nos juntou.As nossas amizades eram diferentes,e por isso não éramos mais tão próximas.Agora, ela não curtia mais puxar as molinhas.
As coisas mudaram,e quatro anos mais tarde nos reaproximamos,e juntamente a 3 amigas que adquirimos,formamos um grupo (GQ).Inseparáveis, fazíamos todos os trabalhos juntas.Os últimos anos do ensino fundamental foram inesquecíveis.E ela fez parte deles.
Como esquecer, das reuniões na casa dela?Aquelas em que íamos pra fazer os trabalhos,e as que íamos só pra assistir Madagascar (passamos a noite cantando “Eu me remexo muito”). Mesmo com todas as reuniões, nunca consegui roubar o pote de biscoitos.Ótimas lembranças!
Sei que jamais esquecerei esses momentos,nem poderia. Eles fazem parte da minha história. Também sei,que onde ela estiver os guardará consigo.
Sim,ela se foi,mas se foi desta vida,porque das minhas lembranças,ela jamais irá partir.
                                             Elziane Caetano de Mendonça,
                                                    simplesmente Any.

3 comentários:

  1. > < ri e chorei ao mesmo tempo.....mas ela sempre estara em nossas lembranças!! Aline coimbra

    ResponderExcluir
  2. Me arrepiei toda depois de ler o que escreveste...acho que conseguiste com palavras expressar um pouco do que estamos sentindo com o que aconteceu :s tbm não queria acreditar! como disseste, apesar dos diferentes rumos que as nossas vidas tomaram, a Zizica fez parte de um dos melhores anos das nossas vidas! pena que de uns tempos pra cá não demonstramos todo o nosso carinho por ela :/ mas nós sentimos e sentimos muito...agora faço das tuas palavras as minhas: Sim, ela se foi, mas se foi desta vida, porque das minhas lembranças ela jamais irá partir! Amigas, não esqueçam que as amo, do meu jeito, mas as amo!

    ResponderExcluir
  3. Encontrei esse blog no google, tava pesquisando o nome da minha maninha, a saudade faz essas coisas.
    Meninas saibam que ela lutou muito, desde quando foi dada a noticia a ela da doença(no dia do niver de 17 anos, ano passado) até os ultimos minutos de vida. Ela sentia um carinho especial por vocês.
    Espero que ela sempre fique na lembrança de todos como uma guerreira, pois era assim que ela era. Lutou pela vida sempre. E faz com que faça a gente olhar a vida de uma outra maneira, dando mais valor a tudo e a todos.
    Um beijo da irmã da Elziane.

    Lidi

    ResponderExcluir